Sábado 25 de Maio, 2019
Sabia que

Notícias



BTL 2019: Minho Inovação destaca resultados históricos de Procura Turística na região
2019-04-05


Procura turística do Minho tem crescido a um ritmo superior à do País e da Região do Norte, atingindo um resultado histórico em 2017 com mais de um milhão de hóspedes, de 2 milhões de dormidas e de 66 milhões de euros em proveitos de aposento


O Consórcio Minho INovação faz um balanço positivo da sua presença na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) que decorreu de 13 a 17 de março de 2019. Na base desta conclusão, está quer a forte afluência de público interessado em obter informações sobre a oferta turística do Minho, quer os dados divulgados da sua procura turística, os quais confirmam, cada vez mais, a afirmação do território como destino turístico à escala nacional e internacional.


 

O referido Consórcio – que constitui uma parceria singular a nível nacional, integrando, além das três Comunidades Intermunicipais do Minho (Alto Minho, Cávado e Ave, representando 24 municípios), associações de desenvolvimento local, instituições de ensino e mais de 820 empresas e 120 associações, tem como principal objetivo a valorização dos principais recursos endógenos do Minho em particular nas zonas de baixa densidade.


 

Apesar da captação do turista nacional ter sido apontada, desde a primeira hora, como o objetivo central da participação do Consórcio Minho INovação na BTL 2019 (desde logo porque esta é a maior montra de turismo no panorama nacional), a verdade é que a feira permitiu, igualmente, explorar o mercado internacional, através do contacto de operadores turísticos e profissionais de viagens que se fizeram representar nesta mostra turística, aos quais o Consórcio Minho INovação teve oportunidade de apresentar as potencialidades turísticas do Minho, destacando os seguintes produtos: “Natureza”, “Património, Arte & Cultura” e “Sabores”.


 

i) Na Natureza…
>> … o Minho integra no seu território marcado pela excelência ambiental, o único Parque Nacional do País – Parque Nacional da Peneda Gerês e a Reserva Mundial da Biosfera, abrangendo ainda diversos territórios classificados com a Carta Europeia de Turismo sustentável e o Top 100 – Sustainable Destinations;
>> … o Minho tem 51,5km de costa litoral e é atravessado pelos principais rios Minho, Lima, Cávado e Ave, possibilitando a prática de um vasto conjunto de atividades náuticas e de natureza, abrangendo, por exemplo, surf, kitesurf, canoagem, vela, bttt, caminhadas, cicloturismo…;

 


ii) No Património, Arte & Cultura
>> … o Minho tem mais de 100 monumentos nacionais classificados, uma forte marca identitária da Região onde nasceu Portugal, ou seja, sensivelmente os mesmos monumentos nacionais classificados que a Área Metropolitana de Lisboa e cerca do dobro de monumentos nacionais classificados que a Área Metropolitana do Porto;
>>… no Minho encontram-se 3 das 14 aldeias portuguesas mais emblemáticas selecionadas como finalistas do concurso “Aldeias – 7 Maravilhas de Portugal”;
>>… no Minho existem 8 dos 14 produtos de artesanato certificados a nível nacional;

 


iii) Nos Sabores
>> … o Minho tem uma tradição enogastronómica baseada quer nos seus vinhos verdes de excelência, quer em múltiplos pratos confecionados a partir dos principais recursos do território;
>>… o Minho tem 13 restaurantes referenciados no guia Michelin 2019.


 

A participação neste certame pretendeu, assim, marcar uma nova etapa de desenvolvimento no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE Minho INovação 2018-2020, permitindo mobilizar cerca de 20 milhões de investimento em projetos âncora (incluindo o reforço previsto pelo PO Norte 2020 na ordem dos 7 milhões de euros), nomeadamente nos domínios do Turismo Natureza / Náutico, do Touring Cultural (Identidade Cultural; Aldeias; Artes e Produtos Tradicionais) e da Enogastronomia, tendo como principal objetivo gerar uma dinâmica junto de iniciativas empresariais superior a 40 milhões de euros.


 

No momento alto desta participação - dia 13 de março, dia dedicado ao Minho – o Consórcio Minho INovação assinalou igualmente que, de acordo com últimos dados recentemente divulgados no Anuário do Instituto Nacional de Estatística (INE):
           i) o Minho atingiu, pela primeira vez, 1,1 milhões de hóspedes, 2 milhões de dormidas e 66 milhões de euros em proveitos de aposento, apresentando ritmos de crescimento da procura turística superiores a Portugal e à Região do Norte;
           ii) as NUT III do Minho (Cávado, Alto Minho e Ave) voltaram a ocupar a 2ª, 3ª e 4ª posições com maior procura turística, respetivamente, logo a seguir à Área Metropolitana do Porto;
           iii) o Minho foi o segundo subdestino turístico da Região de Turismo Porto e Norte de Portugal com 22,3% das dormidas na referida NUTS II; 
           iv) o Minho, juntamente com o subdestino Porto, representam quase 91% das dormidas na Região de Turismo Porto e Norte de Portugal.


 

Em síntese, a participação do Consórcio Minho IN na BTL 2019 – que contou com o apoio do PO Norte 2020 - permitiu reforçar a coesão interinstitucional, a dinâmica afirmativa e a capacidade de promoção do potencial turístico do Minho para a qual contribuíram a excelente colaboração dos 24 municípios, da Entidade de Turismo Porto e Norte de Portugal, entre outras entidades que atuam no território.